terça-feira, 21 de junho de 2011

Areias do Brasil...

Encerrada a maratona de Fashion Week,  nós resolvemos fazer um resumão do que vimos de moda praia no circuito Rio e São Paulo. Que me desculpem as grifes internacionais, mas beach wear é assunto que só os brasileiros entende e muito bem. Em suas várias modelagens, cores e estampas, tem para todos os gostos e idades, tem para as mais discretas, para as mais ousadas e até para as PHYNNAS de plantão, esse verão 2012 PROMETE.

Por falar em Phynnas, Adriana Degreas (acima) trouxe uma coleção com o tema "O jeito chic de ser brasileiro", um tema que mais poderia ser  #RIQUEZA. Buscando referências nos anos 70 tanto nas formas (amplas, com cinturas alta e um ombro só) quanto nas musas que marcaram a época como a Carmem Mayrink Veiga representada muito bem na passarela por a filha também musa Antonia Frering. Viscose, seda, plumas, estampas exclusivas desenvolvidas sob encomenda pela estilista e uma cartela de cores que inclui verde, amarelo, cobre e tem até o luxoso preto. Alô phynnas essa coleção tá babado!

A Blue Man (acima) apresentou novas versões para o biquíni jeans criado por David Azulay, o fundador da marca, biquines minúsculos e de lancinhos também são uma das grandes apostas, até a transsexual Lea T. foi ousada e desfilou com o modelito causando tumulto na passarela carioca. Os maiôs vem tanto na versão mais comportada quanto abusada, a estamparia (outro clássico da grife) vem tropical e otimista, supercolorida, com selvas e araras, tucanos, plumagens, coqueiros, tie-dyes psicodélicos, florais e até mimetizando couro de cobra com efeito de spray colorido por cima.

Com um casting estrelado, a Cia. Marítima (acima) apresentou uma coleção bem comercial que vai agradar em cheio as suas jovens consumidoras. Características da marca, as estampas de leopardo e cobra marcam presença em maiôs engana-mamãe e biquínis de todos os tamanhos. É o animal print e o python invadindo as areias do Brasil.

A Lenny que já é sucesso a 20 anos, festejou com fogos de artificio uma coleção que revisita incons da trajetória da grife. A lagoa Rodrigo de Freitas foi palco desse magnifico espetáculo que encheu os olhos dos 700 convidados que viram no desfile uma moda-praia deluxe. Um casting só de estrelas, brasileiras famosas no mundo inteiro, desfilaram uma coleção inspirada na natureza. Diferentes modelos de biquines e maiôs que vão do micro ao maiorzinho (só um pouquinho maior rs) vem com muitas cores e estampas, como a Arara Azul, Palmeiras, Espinha de Peixe, Ondas e conchas. Lenny traz também o python na sua coleção, forte tendência da temporada verão 2012.

A Água de Coco (acima) sem comentários né gente. Conhecida por suas maravilhosas e exclusivas estampas, a grife trouxe a TOP Carol Trentini para passarela da SPFW e que também estampará o catalogo do verão 2012 da grife. A inspiração da coleção vem do universo da arte, e fotografias aéreas de praias clicadas pelo fotógrafo Cássio Vasconcelos, por exemplo, viraram estampa nos looks iniciais do desfile, criados com um tecido especial tipo “gelatina”, semi-transparente e com acabamento molhado. Foi tudo feito nos minimos detalhes, e saiu tudo muito lindo como sempre. Tomara que caia, um ombro só, os micros biquines e suquines na dose certa. Um arraso.

A Movimento (acima) também por coincidência se inspirou no mundo das artes. Leve, fresco e despretensioso é o Verão 2012 da grife, que apresentou uma coleção inspirada no universo das artes e da pintura com uma colaboração especial, George Barbosa, artista plástico de Pernambuco criou estampas feitas à mão exclusivamente para a marca. As modelos desfilaram biquínis (relativamente) comportados, cintura alta, ombro só e babados foram alguns detalhes bem característicos da coleção. O destaque ficou por conta dos maiôs: estampados ou lisos, eles vieram recortados e com armações nas costas. Verde, laranja, rosa, amarelo, branco... São as cores que predominam nessa estação da Movimento.

Na Salinas (acima) até parecia mais uma competição de qual melhor corpo da temporada. Um casting BABADO.COM, desfilou a moda praia que breve ganhará as areias do Brasil e do mundo. A estampas gráficas e suas misturas foram o destaque da coleção. O tomara-que-caia estruturado, a calcinha mais ampla, e os arrematados por laços garantiram seu espaço. Os chapéus usados em alguns looks dá uma idéia de balneário chique, aquela mulher carioca que arrasa por onde passa. #todasdiva

E para finalizar nosso resumão temos a Triya (acima). A grife se joga nas profundezas do mar e traz a grande novidade que é a parte de baixo maior, inspirada na modelagem típica dos anos 50. Destaque para a cartela de cores que trouxe variações do pérola e tons inspiradas nas sereias. Reforçando essas referências e padronagens, biquínis e maiôs vem maiores e comportados, com recortes nas laterias, nas costas e alças de bustiê transpassadas, trazendo pérolas e pingentes bordados e dependurados em franjinhas.

Gente, vamos combinar... A moda praia brasileira comanda as areias não só do Brasil. 



Fotos FFW
Fontes VOGUE e FFW.

Nenhum comentário:

Postar um comentário